Presidente da Associação Médica de Patrocínio, se manifesta contrário a pronuncia de Jair Bolsonaro

Presidente da Associação Médica de Patrocínio, se manifesta contrário a pronuncia de Jair Bolsonaro
Texto:

Postado em: 25/03/2020

O presidente da república, Jair Bolsonaro, fez um pronunciamento na noite desta terça-feira(24/03) em rede nacional, onde pediu que as pessoas que não fazem parte do grupo de risco ao coronavírus, deixem a quarentena e voltem ao trabalho e a rotina normal para evitar problemas financeiros do país.

Várias associações ligadas a saúde se manifestaram de forma contraria ao presidente da república.

O presidente da Associação Médica de Patrocínio Dr. Otávio Nunes Sia, disse que entende a preocupação do presidente mas achou o discurso precoce, e contrário a Organização Mundial da Saúde(OMS), que pede o isolamento social como forma de prevenção a proliferação do coronavírus.

Ainda segundo Dr. Otávio, a comparação com os Estados Unidos prestes a deixar a quarentena de forma gradual, não é válida porque o estágio de contaminação do país norte-americano é de 15 dias a frente do Brasil.

Ainda segundo Dr. Otávio, vê com bons olhos os testes com os novos medicamentos, que tem apresentado bons resultados, mas salienta que a atual recomendação inclusive do Ministério da Saúde é para o isolamento social, já que é o único remédio que funciona.

Nesta quarta-feira(25/03) a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um plano humanitário para apoiar países mais vulneráveis à pandemia de coronavírus e voltou a reforçar a importância de o mundo adotar medidas de quarentena e isolamento social para conter a transmissão do vírus, que tem se acelerado nas últimas duas semanas.

 

Rafael Pires-Módulo FM

Grupo Módulo Notícias no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo