Homem cai em golpe do falso empréstimo e sofre prejuízo de quase R$ 3 mil

Homem cai em golpe do falso empréstimo e sofre prejuízo de quase R$ 3 mil

Imagem: Ilustrativa

Texto:

Postado em: 27/10/2020

Um homem de 34 anos perdeu cerca de R$ 2.851,33 ao tentar contratar um empréstimo de R$ R$ 60.000,00, através de uma suposta financeira "Intercred" pelo Whatsapp. De acordo com informações da vítima repassadas à Polícia Militar, nesse primeiro contato vítima recebeu mensagem de um nº DDD 11, para que enviasse fotografia de seus documentos, o que ele mesmo fez.

Os golpistas exigiram que, para liberar o valor contratado, ele teria que pagar R$ 450,35, referente a um seguro, vindo a vítima a depositar o valor, em uma conta do mercado pago em nome de uma pessoa física, desconhecida.

Segundo a PM ao passar um tempo, a vítima recebeu uma mensagem de outro número (11 96390-9718), de uma mulher que se identificou como gerente de liberação da intercred, informando que o score dele estava abaixo, solicitando que ele depositasse o valor de R$800,98 reais para que o empréstimo fosse liberado. A vítima contou que depositou o valor solicitado em uma conta de outra pessoa física, desconhecida.

Os estelionatários então enviaram a vítima um comprovante de depósito de R$ 60.000,00, porém, o CPF constante no comprovante estava errado.

A vítima entrou em contato e informou o erro a suposta financeira, vindo a receber a informação de que o dinheiro havia retornado e que corrigiriam o problema e posteriormente depositar novamente o valor.

Ainda os golpistas disseram à vítima que não estavam conseguindo depositar o valor contratado, pois havia uma pendência de pagamento de IOF, vindo a vítima a depositar o valor de R$1.600,00, em uma conta do mercado pago em nome de outra pessoa física, desconhecida.

No dia 15/10/2020, os golpistas entraram em contato com a vítima e disseram que somente conseguiriam liberar os R$ 60.000,00 se ele pagasse o valor de R$ 2.500,89, referente a um “CET”.

Nesse momento, a vítima ficou desconfiado e não depositou o dinheiro. Ele procurou a polícia para denunciar o possível golpe.


Por Juliano Resende - Jornalista - MTB: 0020718/MG

Envie sugestões, imagens e informações para o nosso WhatsApp. Clique aqui para acessar o WhatsApp

 

Grupo Módulo Notícias no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo