Ex-prefeito de Perdizes nega que tenha dado apoio à fuga de Jorge Marra

Ex-prefeito de Perdizes nega que tenha dado apoio à fuga de Jorge Marra
Texto:

Postado em: 26/09/2020

Ex-prefeito de Perdizes informa que se encontrou com Jorge na quinta-feira e que acionou polícia na manhã de hoje (25)

 

O ex-prefeito de Perdizes, Edno José Peçonha, confirma que se encontrou com Jorge Marra em seu comércio nesta quinta-feira (24). O ex-secretário de obras é suspeito de assassinar o advogado e pré-candidato a vereador Cássio Remis em Patrocínio.

“Ele me ligou dizendo que precisava falar sobre um assunto muito sério, e que tinha feito uma besteira com sua vida. Ao chegar na minha casa ele pediu para guardar o carro dentro da minha garagem porque o assunto era longo” explica Peçonha. “Eu disse a ele que não sabia o que fazer e ele falou que alguém iria buscá-lo naquele momento. Passados alguns instantes alguém tocou o interfone, eles foram embora e eu fiquei dentro da minha casa” complementa o ex-prefeito.

Edno José nega em áudio gravado por WhatsApp que tenha dado fuga à Jorge. “Eu não tive a menor participação, a menor culpa e o menor envolvimento e a menor culpa com nada. As imagens das câmeras vão provar para todos que insistem em me caluniar” afirma Peçonha. “Eu conversei com o delegado em minha casa e ele só pegou meu telefone e não falou nada comigo porque sabe da minha inocência” completou o ex-prefeito.

O comandante da Polícia Militar de Perdizes, Tenente Rollemberg, explica que Peçonha acionou os militares por volta de 10h para narrar os acontecimentos do dia anterior. O solicitante confirmou que um outro carro buscou Jorge Marra e que um terceiro indivíduo iria pegar a caminhonete.

25-09-2020 Caminhonete Foto 1

25-09-2020 Caminhonete Foto 2

 

Grupo Módulo Notícias no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo