Estelionatários se passam por funcionários do INSS para aplicar golpes em Patrocínio

Estelionatários se passam por funcionários do INSS para aplicar golpes em Patrocínio

Texto:

Postado em: 24/09/2020

A Polícia Militar alerta para um novo golpe que vem acontecendo em Patrocínio, trata-se do golpe do INSS, quando estelionatários se passam por funcionários do INSS para convencer idosos humildes para enviarem documentos e dados, sendo que em seguida a quadrilha tenta roubar o dinheiro da vítima.

Segundo a PM, uma idosa de 71 anos contou que recebeu uma ligação (11 95949-1511), de uma mulher que se identificou como sendo funcionária do INSS, inclusive possuía até os números dos documentos da vítima. A golpista solicitou à vítima que lhe enviasse, via Whatsapp, a fotografia de sua carteira de identidade, pois segundo a golpista, quando a vítima completasse 75 anos de idade, seu benefício seria cortado e que havia um valor em dinheiro a ser liberado para ela.

Segundo a vítima, como não sabia enviar o documento solicitado, ela se deslocou até a casa de sua sobrinha, a qual estranhou a situação, vindo a conversar com a mulher.

Após dizer que iria verificar o informado junto ao INSS e a Polícia, a mulher desligou o telefone e não fez mais contato.

A Polícia Militar alerta a comunidade que este tipo de golpe vem crescendo. É importante o cidadão ficar alerta e não enviar documentos, senhas, dados pessoais, e não acate pedidos de desconhecidos por telefone ou redes sociais. Sempre desconfie de exigências dessa natureza!

Por Juliano Resende - Jornalista - MTB: 0020718/MG

Envie sugestões, imagens e informações para o nosso WhatsApp. Clique aqui para acessar o WhatsApp

 
 

Grupo Módulo Notícias no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo