Detento morre horas depois de ser preso na operação Colheita em Patrocínio

Detento morre horas depois de ser preso na operação Colheita em Patrocínio

Texto:

Postado em: 26/11/2019

Juvenal Dias da Silva, de 50 anos, que era interno da Penitenciária Deputado Expedito de Faria Tavares, de Patrocínio morreu na última sexta-feira (22/11), a caminho do Pronto Socorro.

De acordo com A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), os agentes foram chamados pelos demais detentos da cela após perceberem que ele estava imóvel na cama. O interno foi recolhido e conduzido ao Pronto Socorro, porém veio a óbito chegando próximo a unidade de Saúde.


A direção da unidade prisional irá instaurar uma investigação para apurar administrativamente o fato.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Patrocínio, para exame cadavérico, para que seja comprovada a causa da morte do detento.

Juvenal foi preso na última sexta-feira (22/11), na operação Colheita, realizada pela Polícia Civil e a Polícia Militar e veio a óbito no mesmo dia.


 

 Juliano Resende/Módulo FM

Envie sugestões, imagens e informações para o nosso WhatsApp. Clique aqui para acessar o WhatsApp 

 
 
 
 
 
 

Grupo Módulo Notícias no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo