Volante Mário César volta ao futebol profissional para jogar as semifinais e finais do Mineiro Módulo II

Postado por: Luiz Antônio Costa - 09/04/2018

O jogador está em ritmo de jogo porque até dia 17 ainda estava jogando e enfrentou o Cruzeiro, no Mineirão, pelo CAP. Foto: Washinton Alves|Light Press|Cruzeiro

 


Luiz Antônio Costa | Módulo Esporte


Mário César está de volta ao futebol profissional por pelo menos 15 dias. O volante, que passa a atuar na Secretaria Municipal de Esportes de Patrocínio como coordenador de projetos, aceitou convite do Uberaba Sport Club e vai defender o Zebu nas semifinais e finais do Módulo II do Campeonato Mineiro.

 

O convite foi feito pelo ex-gerente de futebol do Clube Atlético Patrocinense(CAP), Estéfano Caetano, que foi para o Uberaba tão logo terminou a participação do CAP no Campeonato Mineiro da Primeira Divisão. Lá também está o treinador Rogério Henrique, com quem Mário César atuou no CAP três temporadas e em Goiás. Foram vitoriosos nos dois casos, com acessos das equipes.

 

“Na verdade, estou retomando a carreira por apenas 15 dias, para atender um amigo (Estéfano Caetano), porque trabalhamos juntos em alguns lugares e quando precisei ele me atendeu, agora, estou retribuindo”, disse Mário César.

 

O volante disse que disse não a várias pessoas, mas “agora não tenho como negar esse pedido, de uma pessoa que me ajudou muito no passado e agora tenho que o ajudar no presente”.

 

O jogador está em ritmo de jogo porque até dia 17 ainda estava jogando e enfrentou o Cruzeiro, no Mineirão, pelo CAP. “Pela experiencia que eu tenho, como você disse. O campeonato terminou há pouco empo ainda estou com resíduos desta competição. Não tenho dúvida que ainda estou em ritmo de jogo”, disse

 

Sobre o entrosamento com o restante dos jogadores do Uberaba, Mário César disse não ver problema nisso. “Quando você disputa um campeonato mineiro do Módulo II que você tem que colocar o coração na ponta da chuteira, é isso que tem que prevalecer”. Explicou.

 

Mário César disse que não é nenhum salvador da pátria, apenas mais um a somar com o grupo para levar o Zebu à Primeira Divisão como aconteceu com o CAP.

 

Escolinha. Sobre os projetos em Patrocínio, na Secretaria de Esportes e na escolinha de futebol que está criando, Mário César disse que “não mudou nada. Como eu disse, estou indo ajudar a um amigo conseguir um objetivo, mas, posterior a isso, estarei implementando meus projetos em Patrocínio, assim que acabar lá, semifinais e seu Deus quiser, as finais, voltarei para dar continuidade, até porque são só duas semanas, passa rapidinho”, concluiu     

 

Mário César que ainda não teve o contrato assinado pela Prefeitura de Patrocínio, foi liberado para os próximos 15 dias. Viaja nesta tarde para Uberaba, se apresenta ao time e volta depois de concluída a competição para reassumir seu cargo na SMEL. 

COMPARTILHE NO:

COMENTÁRIOS

CURTA NOSSA PÁGINA

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

BAIXE NOSSO APLICATIVO